Operação fronteira em Acrelândia e Plácido de Castro

Seguindo o planejamento estratégico de combate à criminalidade, a Secretaria de Segurança Pública realizou no início na noite deste sábado, 24, operação “Fronteira” de combate a criminalidade em Plácido de Castro e Acrelândia, em ofensiva a crimes fronteiriços.

Ação das polícias Civil e Militar foi realizada em pontos estratégicos (Foto: Assessoria Sesp)

Durante a operação, coordenada pelo secretário Emylson Farias, as forças de segurança realizaram blitze em vários pontos das cidades, previamente identificados como os de maiores incidências de crimes e fizeram abordagens veiculares e a pedestres.

A presença das forças policiais tem inibido, principalmente, crimes fronteiriços, como tráfico de drogas e roubo de veículos.

“Semana passada realizamos operação em Brasiléia e Epitacionalandia, hoje aqui em Plácido de Castro com saída para Acrelândia. A preocupação é sempre com a fronteira, que é a nossa maior dificuldade hoje no combate à criminalidade e à violência, isso não é atribuição nossa, é atribuição do governo federal, mas estamos fazendo nossa parte”, disse Farias.

Segundo o coronel Glayson Dantas, que acompanhou a ação policial, o fechamento da fronteira teve o apoio da Polícia Nacional Boliviana (PNB), o que demonstra integração no combate à criminalidade.

“As equipes foram divididas em quatro grupos e tivemos a participação da Polícia Nacional Boliviana apoiando no lado da fronteira e saída para Acrelândia e entrada principal da cidade, contamos também com apoio do grupo Raio que fez as intervenções dentro dos bairros”, observou o coronel Dantas.

Comentários

aqui vai ficar os comentários do facebook