Zé Marco promove mudança no setor defensivo do Galvez

O Galvez terá apenas uma mudança para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Acreano, contra o Rio Branco, nesta quarta-feira (4). O zagueiro Gilson, expulso na semifinal do segundo turno contra o Atlético Acreano, está fora da partida e será substituído por Marinho. De acordo com o técnico Zé Marco, o restante da equipe será a mesma que iniciou o duelo com o Galo Carijó, formada por: Máximo, Chumbo, Marinho, Rafael, Taumaturgo; Léo Mineiro, Kinho, Ciel, Ley, Daniego e Adriano.

O treinador destaca que durante a semana tentou trabalhar com os atletas com a mesma motivação e passar que as derrotas ocorridas foram em momentos que não atrapalharam a caminhada do time na competição. Ele revela que há ansiedade no clube para a conquista do primeiro título na elite estadual, mas busca manter o controle para que isso não atrapalhe os atletas em campo. E lembra que do outro lado terá um grande rival que também quer ser campeão.

- A gente perdeu sempre nos momentos que podia perder. Foi isso que a gente passou pra eles. Eles manterem a alegria de estar numa final e que possam encarar como o jogo da vida deles. Muitos aqui nunca foram campeões, outros há muito tempo não são e está toda uma expectativa com ansiedade de querer levantar esse caneco. A gente está trabalhando mais pra controlar isso porque sabe que do outro lado tem um gigante, com uma história linda, que merece todo nosso respeito. Mas temos o objetivo de fazer dois grandes jogos e, quem sabe, no domingo levantar esse título – afirma.

Sobre o adversário, Zé Marco diz que vê uma equipe mais leve e que alterou a forma de jogar desde Jader de Andrade assumiu o comando técnico após a de Cristian de Souza.

- A gente que vê de fora é difícil falar, mas a gente vê o time um pouco mais solto, mais leve no sentido de clima. Outra situação é a mudança tática. Eles adiantaram o volante que fazia o terceiro zagueiro. Teve essa mudança de posicionamento – comenta.

Galvez e Rio Branco começam a decidir o Campeonato Acreano nesta quarta-feira, a partir das 19h (do Acre), na Arena da Floresta, em Rio Branco. O segundo e decisivo jogo será no domingo (8), no estádio Florestão, na capital, às 17h (do Acre). Conforme o regulamento do estadual, a equipe que somar quatro pontos nos dois jogos fica com o título. Não há vantagem de saldo de gols. Ou seja, se um time vencer por 1 a 0 o primeiro jogo e o outro time vencer por 2 a 0 a segunda partida, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Comentários

aqui vai ficar os comentários do facebook